Design
E se o seu produto não estiver a criar empatia com os consumidores?
17 Agosto 2020
O design é responsável por criar uma conexão afectiva e incentivar ao processo de compra.

As nossas emoções são a resposta a estímulos exteriores. Ainda que acreditemos que somos seres racionais, vários estudos indicam o contrário. A verdade é que mesmo tendo consciência da existência de vários gatilhos mentais (estratégias usadas para nos guiarem para uma determinada acção) acabamos por nos deixar levar emocionalmente e efectuamos uma compra.

 

Existem 3 níveis emocionais no design, e cada um deles está relacionado com a experiência do consumidor, que analisa a função, desempenho e usabilidade. São eles:

 

Visceral: está relacionado com a aparência do produto. O consumidor tem que sentir atracção imediata pelo produto. Tem que sentir desejo imediato por o ter, só questionando em segundo plano qual a sua função e o seu preço.

 

Comportamental: diz respeito a como um objecto nos ajuda a efectuar uma tarefa e a sua facilidade de uso. Aqui o importante é o seu desempenho.

 

Reflexivo: tem a ver com a memória afectiva, ou seja, quando uma determinada marca ou objecto representam um estatuto social, justificando deste modo a escolha emocional. 

 

Em suma, por muito que nos consideremos seres racionais, existe em nós uma raiz emocional muito forte que nos impulsiona a tomar determinadas decisões. É por este motivo que é de máxima importância a escolha de um profissional adequado durante o processo de design de um produto, uma vez que esse processo implica um estudo aprofundado sobre estas questões de modo a garantir o máximo sucesso: vendas e satisfação do consumidor. 




Contacto
info@weo.design
+351 282 313 071
Localização
Urb. Quinta dos Arcos, Edif. Almar, Loja D
Armação de Pêra - Portugal